O uso da energia solar em residências é promessa de economia. Não é possível, no entanto, dizer com precisão em quanto a conta de luz será reduzida com a instalação dos painéis, pois isso depende de uma série de fatores, como a média de consumo mensal, a variação nos preços da energia e a imprevisibilidade do clima.

Apesar disso, é possível estimar a diminuição de gastos. Normalmente, a energia solar gera economia que varia entre 50% e 95%. Após algum tempo, que, em média, é de sete anos, o investimento acaba sendo pago automaticamente pelo dinheiro economizado com o corte de custos.

Gerar energia por meio de um painel solar é uma ótima opção no Brasil, pois o País é um dos que mais têm incidência de raios solares. Isso faz com que uma grande quantidade de energia esteja disponível para ser captada.

Outros benefícios

Além da economia diretamente relacionada à conta de luz, existem diversos outros benefícios relacionados ao uso da energia captada do Sol. Confira abaixo quais são e como eles se manifestam:

Energia limpa: este tipo de energia não causa poluição alguma durante sua utilização. A fabricação de um painel solar pode poluir, mas essa questão é facilmente controlável e não causa maiores impactos ao meio ambiente.

Manutenção: a necessidade de realizar manutenções no painel solar faz com que este equipamento acabe gerando não somente a economia na conta de luz, mas também evite gastos extras com eventuais consertos.

Melhora nos equipamentos: com o passar do tempo, o painel solar vai se tornando um equipamento cada vez mais potente. Além disso, o preço vem se tornando mais acessível, fazendo com que este modelo se torne mais viável economicamente.

Alcance: em países como o Brasil, de clima tropical, este modelo energético é capaz de alcançar praticamente todo o território. Portanto, a energia solar torna-se excelente para locais mais afastados dos centros de produção de energia, pois a redução na procura faz com que a perda de energia no caminho seja diminuída.

Fonte: Economia – iG