Em qualquer lugar, toda criança recebe informações e aprende o conceito de melhorar e contribuir para conservação da natureza, onde tiramos subsídios de vida e somos dependentes, desde o ar que respiramos, a agua que bebemos, os verdes dos bosques e o sol que nos aquece.

Mas todos dias temos noticiários de devastações, poluições no ar e rios, queimadas, enchentes, aquecimento global, aumento dos buracos na Camada de Ozônio. Assuntos estes que infelizmente estão no cotidiano de todos, mas certo que deve ter uma atitude, precisamos mudar. Nosso planeta Terra nos alerta o tempo todo, e as consequências estão tão próximas e cada vez maiores pelos impactos fortes de nossas ações.

Não pode mudar apenas com simples e isolado habito, mas é necessário algo a mais, um planejamento macro no meio ambiente, reestruturar, refazer, ‘re-planejar’ as estruturas urbanas, tornando as de menor impacto ambiental, aproveitando todos recursos disponíveis de forma consciente e eficiente, uma forma de sustentabilidade que possa suprir as necessidades e demanda do consumo de energia.

Isto não é algo impossível de ser realizado, como exemplo de um vilarejo na Alemanha, conhecida Schilerberg.

Um exemplo disto, na própria Alemanha no bairro Sonnenschiff, localizados na cidade de Freiburg, na Alemanha, tem sido pioneiro no que diz respeito a arquitetura sustentável. A “cidade solar” sempre a frente quanto ao sistema de captação de energia solar inteligente em todos telhados das casas neste.

A pequena vila em Schilerberg vêem se tornando destaque, pela harmonia entre natureza e viver agregando sustentabilidade a vida cotidiana dos moradores deste.

Residencia em Schilerberg-Alemanha, estilo Sun Ship – Navio Solar

Residências em Schilerberg – Alemanha

 

As 59 residências compõe o bairro de 11.000m², onde também há um Edifício comercial, chamado de Sun Ship – Navio Solar) são feitas de madeira. Praticam o reuso de água de chuva, usam materiais ecológicos, isolamento térmico a vácuo e um ambiente livre de carros, pois todos ficam em um estacionamento no Sun Ship.

 

Edificio SUN SHIP

Edificio SUN SHIP

 

Junto a todo esse conceito de baixo impacto, há também a geração de energia limpa: todos os telhado são equipados com placas fotovoltaicas. O resultado disto é incrível: eles produzem 4 vezes mais energia elétrica que consomem. Além disso, deixam de emitir 500 toneladas de CO2 na atmosfera, segundo dados do próprio arquiteto responsável pelo projeto, Rolf Disch.

Proezas como visto neste vilarejo são noticias que devem servir como exemplo de consciência e sustentabilidade mundial, afim serem seguidas por mais pessoas. Quanto mais pessoas pensarem e falarem neste assunto, mais perto estaremos de tirar isso do papel. A boa notícia é que já começou. Os alemães, aplicados e talentosos em engenharia urbana, deram a prova de que com engajamento e entusiasmo, é possível transformar a realidade. Se mais países e pessoas seguirem este pensamento, teremos certamente um futuro promissor. A hora é de compensar os erros de ontem, pensando num amanhã mais saudável, com mais leveza – em harmonia com a nossa terra.

Fonte: Awebic – Ciência e Tecnologia – Autor: Felipe Vellinho